Ultrassom morfológico: Entenda a REAL importância dele e como é feito!

A curiosidade sobre o bebê que está por vir faz com que pais e mães gastem um bom dinheiro na hora de fazer exames que deixam o rosto e o corpo do feto perceptíveis. Existem diversos tipos de ultrassom e outros exames, um dos que vem sendo bem usados é o ultrassom morfológico.

Para você que não conhece ou ainda tem dúvidas sobre o exame do ultrassom morfológico, este texto vai te ajudar. Veja todas as informações sobre ele nos próximos tópicos!

O que é?

Ultrassom morfológico é um exame usado para avaliar e observar o desenvolvimento do feto dentro da barriga da mãe. Ele é bem detalhado, por isso tem esse nome, é possível ver até os órgãos com precisão.

Por conta dessas qualidades o ultrassom morfológico é muito buscado por mães e pais na atualidade. Eles têm curiosidade de saber como o bebê está se desenvolvendo, se os órgãos estão crescendo certinho, enfim, querem se certificar que está tudo nos conformes.

ultrassom morfológico

Leia mais conteúdo no texto sobre Calculadora da ovulação!!

Qual a importância de um ultrassom morfológico?

O ultrassom morfológico é muito importante para poder perceber, de fato, como está o desenvolvimento real do bebê. É nele que se vê com maior precisão todos os órgãos, membros e demais partes do corpo da futura criança para poder fazer análises e descobrir se a formação está indo no caminho certo ou possui problemas.

Por isso, o ultrassom morfológico vai além de apenas uma vontade dos pais de verem o feto em uma forma mais humana. É o aparelho médico ideal para descobrir como está o desenvolvimento do neném e se precisa fazer algo, alguma mudança de comportamento, enfim, descobrir problemas e soluções na gravidez.

Ultrassom com doppler

O doopler é um equipamento utilizado em tipos específicos de ultrassom que percebe o crescimento e desenvolvimento do bebê, além de descobrir as causas de algum problema, como a falta de nutrição por meio da placenta, ou problemas na circulação sanguínea da criança.

Ele também é muito importante de ser feito e, normalmente, o médico indica que no pré-natal tenham ultrassons desse tipo. Ele custa entre 150 e 400 reais no particular, mas é coberto pelo SUS e também por planos de saúde.

É feito com quantas semanas?

O ultrassom morfológico é feito, normalmente, entre as semanas 20 e 24, no segundo trimestre da gravidez. É escolhida essa época, porque é um momento crucial da formação do feto na barriga da mãe e fica mais fácil observar o desenvolvimento dos órgãos, membros, ossos, enfim, de tudo que envolve a saúde do bebê.

ultrassom morfológico

Ultrassom morfológico 4D

Existe um outro tipo de ultrassom que é o chamado 4D. Ele é o mais avançado que existe atualmente, mas a necessidade dele não é tão real assim. Normalmente, os pais pedem esse ultrassom para ver como é, exatamente, o rosto e o corpo do bebê que estar por vir.

É um ultrassom muito caro, pode ultrapassar os 500 reais, e nem todo plano de saúde ou o próprio SUS liberam esse exame. Apenas em casos muito específicos, em que ele é necessário para observar melhor alguma anomalia, ou problema que tenha sido descoberto em outro tipo de ultrassom, que os planos e o próprio SUS liberam o uso desse equipamento.

No mais, se você quiser fazer só para ver o rosto e o corpo do bebê com uma melhor definição, vai ter que pagar do próprio bolso.

Tem gratuito?

O ultrassom morfológico é sim feito pelo SUS de forma gratuita. O pré-natal realizado pelo SUS, em boa parte do Brasil, é bem feito. Às vezes tem a tradicional fila, mas essa parte do Sistema Único de Saúde funciona bem, normalmente.

Para que serve esse ultrassom?

O ultrassom morfológico serve para descobrir, de fato, como está o desenvolvimento do feto. Se os órgãos crescem no tempo certo, com o tamanho ideal, se existe algum problema, enfim, é para detectar a formação do bebê.

ultrassom morfológico

Até quando pode fazer?

O ideal é que o ultrassom morfológico seja feito até a 24ª semana de gestação. Porém, em alguns casos, o médico indica fazê-lo depois desse período, ainda mais se houver a possibilidade de ter algum problema com a formação do bebê. Se tiver ainda alguma dúvida sobre esse assunto, deixe o seu comentário aqui embaixo!

0 Compart.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *