HPV: Conheça as complicações dessa doença, assim como suas causas, sintomas e tratamentos!

O HPV é uma doença perigosa e que pode fazer muito mal para mulheres e homens, inclusive grávidas e bebês. Por ser uma enfermidade que pode atacar qualquer pessoa, inclusive um feto dentro da barriga da mãe, é preciso tomar bastante cuidado com ela.

Nos tópicos a seguir você vai entender o que é o HPV, como ele é contraído, os sintomas, tratamentos e demais informações relevantes sobre essa doença. Confira!

O que é?

O papilomavírus humano, HPV, é uma doença sexualmente transmissível e uma das mais perigosas que existem por aí. Isso porque, na maior parte das vezes, ela é silenciosa, assintomática, principalmente em homens.

Por conta dessa característica, ela pode se desenvolver dentro do corpo de homens e mulheres, sem ninguém perceber, e se transformar em um câncer de colo de útero ou de pênis.

hpv

HPV na gravidez

Quando o HPV tem sintomas, eles aparecem, principalmente, na forma de verrugas genitais. Essas verrugas precisam ser eliminadas e o vírus tratado.

Uma mulher que tem o vírus HPV e engravida, precisa fazer o tratamento durante o pré-natal. É injetado nela uma série de remédios que salvam tanto a vida dela, quanto a do bebê.

Fetos que estão na barriga de mães infectadas com HPV e que não fazem tratamento, podem ter um enxame de verrugas por diversas partes do corpo, inclusive a garganta, o que pode sufocar o futuro bebê e fazer com que ele morra ainda no útero materno.

Por isso, é essencial fazer o pré-natal. Os primeiros exames já servem para detectar se a mãe tem alguma doença como o HPV e, se descoberta, é feito o tratamento como deve ser e a criança consegue nascer sem nenhum problema, nem mesmo ser portadora do vírus na maior parte das situações.

Sintomas

O HPV é, normalmente, assintomático, ou seja, a pessoa só descobre se fizer exames regulares, como o preventivo em mulheres, também chamado de Papanicolau. Nos homens, existe exame de sangue que pode detectar o vírus.

Porém, em algumas situações os sintomas aparecem. O mais comum deles é a verruga genital. As verrugas também podem aparecer na boca, caso a infecção tenha sido por sexo oral.

As verrugas causam irritação, coceira, ardência ao urinar, dor, enfim. É o principal e talvez o único sintoma do HPV.

Riscos para o bebê

O principal risco é que a mulher não faça o pré-natal e não faça o tratamento para HPV durante a gestação, se ela estiver contaminada.

Por mais que seja raro que o bebê pegue o vírus da mãe, ele pode ter uma explosão de verrugas por várias partes do corpo e isso causar a morte dele ainda feto dentro do útero da mãe.

Esse é o principal risco que um bebê corre, quando a mãe está infectada com o papilomavírus humano.

Tratamento

O tratamento de HPV é feito com duas bases: a primeira é a eliminação da verruga genital que pode ser feita a partir do uso de ácidos, cremes e pomadas. A mais indicada e comum dos médicos receitarem é o creme Wartec ou o Aldara.

Porém, existem também outros cremes e pomadas que também podem ser utilizados. Além da eliminação da verruga, é preciso tratar a doença como um todo. Para isso, pode ser usado alguns medicamentos específicos ou até cirurgias que evitam a transformação do HPV em câncer.

O HPV não tem cura, por conta disso não existe um tratamento específico para eliminar o vírus. Uma boa forma de se prevenir é tomando a vacina contra a doença. Ela é gratuita e aplicada em posto de saúde.

A vacina é exclusiva para meninas e meninos de 9 a 14 anos, mas pode ser adquirida para ser tomada por mulheres e homens mais velhos em farmácias e hospitais particulares. De qualquer forma, o jeito mais simples e mais seguro de se prevenir do HPV é fazendo sexo apenas com camisinha. Independente do parceiro ou parceira, só a camisinha te livra dessa doença.

O HPV é uma infecção grave, pode causar o câncer e a morte do paciente. Tome muito cuidado. Vá sempre ao médico, faça exames regulares, sempre use camisinha. Se tiver ainda alguma dúvida sobre o HPV, deixe o seu comentário aqui embaixo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *