Endometriose: O que é? Quais os tipos? Pode fazer engordar?

endometriose

Cuidar da saúde é fundamental para que possamos ter uma boa qualidade de vida e por isso precisamos ficar atentos a cada sinal que o nosso corpo dá para não termos problemas futuros.  É comum grande parte das mulheres sentirem fortes cólicas no período menstrual, mas o que muitas delas não sabem é que nem sempre essa cólica é normal, ela pode ser sintoma de alguma doença, até mesmo da endometriose, doença que é muito comum entre as mulheres jovens e adultas.

Você já ouviu falar na endometriose? Sabe o que é e quais são os seus sintomas? Ainda não? Então continue conosco e confira a seguir tudo sobre essa doença!

O que é?

A endometriose é uma doença caracterizada pelo crescimento do endométrio em outras regiões do corpo, ou seja, há um crescimento inadequado do tecido que reveste a parede uterina, se acumulando em regiões inadequadas como nos ovários, bexiga, trompas e outros.

Além disso, a doença costuma vir acompanhado de muitas dores abdominais, o que afeta diretamente na qualidade de vida das pessoas.

Mas, ainda que pareça uma doença invasiva, trata-se de um problema muito comum entre mulheres, principalmente com idade entre 13 e 45 anos e afeta cerca de 6 milhões de brasileiras, segundo a Associação Brasileira de Endometriose e Ginecologia.

Veja a seguir quais são os principais tipos da doença:

Profunda

A endometriose poderá acontecer de diversos tipos, sendo que talvez a mais grave seja a profunda.

Ela profunda é responsável pelos sintomas mais intensos sentidos pelos pacientes que acontece devido à formação de nódulos que atingem normalmente o reto e órgãos genitais, mas que ainda poderá atingir o trato intestinal.

Além disso, a endometriose profunda é um dos tipos mais complicados para quem deseja engravidar, devido ao grande volume de sangramentos que acontece frequentemente no corpo feminino.

No intestino

Outro caso  é a endometriose intestinal, caracterizada pela formação de tecido endométrio na parede do intestino, normalmente ocasionando intensas dores abdominais principalmente durante a menstruação.

Casos como estes só são tratados a partir de cirurgia, pois normalmente os tecidos endometriais se espalham facilmente na parede intestinal, impedindo assim a ação de medicamentos.

Cirurgia

Para ajudar a aliviar os sintomas causados pela endometriose é possível que a mulher faça uma cirurgia.

Em geral a cirurgia para endometriose mais branda possui apenas a função de cauterizar os focos da doença e retirar as aderências que são formadas. Já nos casos mais graves pode ser que seja preciso remover os órgãos que foram afetados pela doença.

Na bexiga

Ainda que com ocorrências raras, a endometriose na bexiga, que é caracterizada pela formação do tecido endométrio nas paredes da bexiga, causa desconfortos graves como dores e queimação ao urinar ou mesmo vontade frequente para urinar, principalmente durante a menstruação.

Este tipo de endometriose não tem cura, mas poderá ter seus sintomas aliviados a partir de cirurgia ou remédios hormonais, normalmente indicados para pacientes com dores intensas.

Peritoneal

Esse é o tipo mais superficial, porém ela costuma atingir os órgãos nobres do corpo como a bexiga, o intestino e ureter. O diagnostico e tratamento dessa doença deve ser feito por videolaparoscopia.

tipos de endometriose

Endometriose engorda?

Em alguns casos específicos poderá sim acontecer um aumento de peso significativo para pacientes com endometriose, pois normalmente casos como esses são tratados a base de medicamentos hormonais, que alteram o metabolismo e podem resultar em ganho de peso.

Além disso, é importante ressaltar que o uso de anticoncepcionais com estrogênio e progesterona ou mesmo injeções de progesterona reduz sim os sangramentos e sintomas causados pela endometriose, mas não evita o crescimento da doença e nem tão pouco corrige as alterações feitas no organismo.

Sintomas da endometriose

Os sintomas mais frequentes da endometriose são a infertilidade e a dor intensa, principalmente durante a menstruação e as relações sexuais, acometendo até 60% dos casos.

Além disso, outros sintomas menos frequentes, mas que podem ser observados pelo paciente, são:

  • Dores durante a penetração nas relações sexuais;
  • Dores ao urinar ou mesmo evacuar, principalmente durante o período menstrual;
  • Fadiga;
  • Diarreia;
  • Infertilidade

Veja também um vídeo do Dr Drauzio Varella sobre o assunto:

Ainda ficou alguma dúvida sobre a endometriose e seus sintomas? Então Deixei-nos um comentário que assim que for possível iremos responder você!

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *