Diabetes gestacional: Causas, sintomas, fatores de risco, tratamentos e cuidados..

Você sabia que existe diabete apenas durante a gravidez? O diabetes gestacional atinge cerca de 4% das mulheres durante a gestação.

É quando há um aumento dos níveis de glicose no sangue (hiperglicemia) apenas no período da gravidez. Ou seja, quando há uma quantidade de açúcar no sangue superior ao considerado normal.

Confira as causas, fatores de riscos, tratamentos e como evitar.

Quais são as causas?

O que pode causar a diabetes gestacional é quando a placenta produz uma quantidade maior de hormônios e começa a bloquear a insulina. Se o pâncreas da mulher não aumenta sua produção, a quantidade de insulina produzida não será suficiente para o funcionamento normal do corpo. Desta forma, o índice de glicose sobe e o organismo fica com acúmulo de açúcares.

Fatores de risco

diabetes gestacional

Não é exatamente um regra, mas alguns tipos de mulheres têm maior risco de adquirir a diabetes durante a gestação. É importante ressaltar que apesar disso, qualquer mulher pode desenvolver a doença.

Dentre os principais fatores de riscos estão:

  • Gestação com mais de 35 anos;
  • Diabetes gestacional em outra gravidez;
  • Histórico na família da doença;
  • Gestações anteriores que deram a luz a bebês com mais de 4 kg;
  • Gestações anteriores com bebê natimorto inexplicável;
  • Crescimento do líquido amniótico;
  • Excessivo ganho de peso durante a gestação;
  • Raças negra, hispânica, indígena ou asiática.

❱ Leia também: Azia na gravidez!

Principais sintomas da diabetes gestacional

O duro de diagnosticar a diabetes através de sintomas, é que eles parecem muito com alterações naturais da gestação. Por isso é preciso ficar atento e manter os exames em dia.

Os principais sintomas são:

  • Fome e sede excessivas;
  • Aumento de peso exagerado na gestação;
  • Mais vontade de urinar;
  • Pernas e pés inchados;
  • Cansado forte;
  • Visão turva;
  • Infecção urinária ou candidíase frequente.

Diagnóstico

Para o médico diagnosticar a diabetes gestacional ele precisará solicitar alguns exames. Como os sintomas podem passar despercebidos, é preciso verificar os resultados pelo menos 3 vezes durante a gestação. Em geral, a primeira vez do exame é feita na 20º semana.

Os exames que podem ser realizados são: glicemia de jejum e exame de curva glicêmica (esse a partir da 22º semana). Se você já teve a doença em outra gestação ou tem genética forte na família, deve começar a fazer os exames mais cedo. A partir da 13º semana é o ideal para identificar.

Qual é o tratamento?

O tratamento consiste em algumas mudanças de hábitos. A primeira é que você precisará inserir o monitoramento no seu dia a dia. A gestante deverá verificar o nível de açúcar no sangue de 4 a 5 vezes ao dia. Essa orientação de quantidade, quando e como fazer o médico fará.

Outra ponto é a prática de atividades físicas. Os exercícios reduzem o nível de açúcar no sangue. Eles estimulam o corpo a mover essa glicose em excesso para as células usarem para produzir energia.

As vezes ainda é necessário o uso de medicamentos contínuos. Dependendo do caso é preciso injetar insulina para baixar o açúcar no sangue. É possível também que você tenha que tomar um remédio via oral.

Dieta na diabetes gestacionaldiabetes gestacional

Além dos itens citados acima, é de suma importância realizar uma dieta específica nos casos de diabetes gestacional. A alimentação deve ser muito saudável, repleta de frutas, legumes e grãos integrais. É preciso reduzir os carboidratos e doces.

O mais indicado é que a gestante se consulte com um nutricionista para ter uma dieta personalizada. Assim ela poderá conversar com a médica sobre suas possibilidades de alimentos para que ela possa realmente seguir a dieta.

Como evitar?

Não existe muito uma certeza de que certos hábitos podem evitar a diabetes gestacional. Mas, eles podem diminuir as chances. Além de que se você seguir uma rotina saudável, caso adquira a doença, será mais fácil tratar com tranquilidade.

Para tentar evitar, siga algumas orientações durante a gestação:

  • Opte por alimentos que sejam mais ricos em fibras e com menos gorduras. A alimentação saudável faz toda a diferença nessa doença. Prefira frutas, legumes, verduras e grãos integrais.
  • Se exercite pelo menos por 30 minutos todos os dias. Fazer atividades físicas antes e durante a gestação ajuda a afastar as chances do desenvolvimento da diabetes gestacional.
  • Manter o peso controlado mesmo antes da gestação.

Essas mudanças nos hábitos irão fazer muito mais que prevenir a doença. Eles farão que você tenha uma gestação muito mais saudável para você e seu bebê.

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *