Parto normal: Como é? Dói? Conheça os mitos e verdades por trás desse processo!

O parto normal está na moda, e tanto as operadoras de plano de saúde quanto alguns profissionais de saúde, além de muitas mães, estão optando por esse método. Esse tipo parto tem esse nome porque é o método natural de ter um bebê, já que o corpo da mulher tem passagem para o bebê pelo canal vaginal.

No artigo de hoje reunimos as informações mais importantes e esclarecemos as maiores dúvidas sobre o parto normal, para você se sentir mais segura na hora de optar pelo método que o seu bebê vai nascer.

Como funciona?

O parto normal é a forma natural de nascimento dos bebês, ou seja, é quando o bebê nasce por via vaginal, sem nenhuma intervenção cirúrgica.

Nesse parto todo o processo (ou a maior parte) é conduzido apenas pelo próprio organismo da gestante.

Parto normal dói muito?

Muitas mulheres têm medo da dor do parto normal, mas a verdade é que essa dor pode variar de pessoa pra pessoa e de acordo com as condições do parto.

Para as mulheres que têm hipersensibilidade à dor, vale a pena verificar com o médico a possibilidade de usar uma anestesia, como vamos falar a seguir.

A dor das contrações, no entanto, é necessária, pois é através dela que a mulher e o médico saberão quando vai ser necessário fazer mais ou menos força até que o bebê nasça.

parto normal


 Sabe o que vai levar na bolsa maternidade? Veja aqui!


Parto normal induzido

O parto normal também é um parto natural, porque também é por via vaginal, mas precisa de uma intervenção médica, para que não ocorram problemas com a mãe ou com a saúde do bebê.

O parto normal induzido acontece quando a gravidez já passou das 41 semanas e o parto natural ainda não aconteceu naturalmente, quando a bolsa se rompeu e as contrações não começaram em pelo menos 24 horas, quando a mãe é diabética, hipertensa ou possui doenças pulmonares ou, ainda, quando há a diminuição do líquido amniótico.

O método utilizado para induzir o parto normal vai depender das condições do colo do útero.

Parto com anestesia

Algumas mulheres têm medo da dor do parto normal, e por isso optam pelo parto normal com anestesia, mas é necessário que o médico liberar a anestesia epidural, fazendo com que as únicas dores sentidas sejam as das contrações.

Quais são as principais diferenças da cesárea?

As maiores diferenças do parto normal para a cesárea são que o parto normal tem uma recuperação mais rápida, menor risco de complicações e estimula a produção do leite materno, o que favorece a lactação.

Dica: Leia também um artigo completo sobre o parto humanizado!

Benefícios do parto normal

Esse tipo de parto oferece benefícios tanto para a mãe quanto para o bebê. Os principais benefícios para a mãe são:

  • Menor risco de infecção;
  • Menor tempo de internamento;
  • Recuperação mais rápida;
  • Risco de complicações anestésicas são menores;
  • O útero volta ao tamanho natural mais rapidamente;
  • Aumenta os hormônios responsáveis pelo bem estar;
  • Os laços afetivos ocorrem de maneira mais intensa e rápida;
  • Favorece a produção de leite materno.

Não é apenas para as mães que o parto normal oferece vantagens, e para o bebê esses são os principais benefícios:

  • Mais tranquilidade;
  • Maior receptividade ao toque;
  • Maior facilidade para respirar (ao passar pelo canal de parto, seu tórax é comprimido, fazendo com que os líquidos de dentro do pulmão sejam naturalmente expelidos);
  • Mais atividade ao nascer (antes de ter o cordão umbilical cortado, o bebê consegue achar o seio da mãe sem a ajuda de terceiros).

parto normal

Como é a recuperação após o parto?

Como falamos, a recuperação desse tipo de parto é muito mais rápida que na cesárea, sendo esse um dos maiores benefícios do parto natural.

Ainda assim, você pode ter alguns problemas como dificuldade ao urinar e defec ar, dor e sangramento vaginal.

Parto normal alarga a vagina?

Não. O corpo da mulher foi biologicamente preparado para o nascimento do bebê de forma natural (vaginal), e sua função é esticar e depois voltar ao tamanho natural.

O corte no períneo é feito em todo parto normal?

Não. O corte no períneo (espaço entre a vagina e o ânus) só é feito quando o médico identifica que a mulher não tem o canal vaginal tão elástico, e aumenta a passagem para evitar que os ferimentos causados pela passagem do bebê sejam ainda maiores.

Deixe seu comentário e compartilhe esse texto nas suas redes sociais!!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *