Gravidez na adolescência: Quais são as consequências? É um problema social ou familiar?

gravidez na adolescência

Ser mãe é uma dádiva da vida e muitas mulheres sonham com esse momento, mas é claro que elas desejam ter um filho no momento certo, para cuidar bem da criança, dar todo o carinho e amor. Porém, nem sempre a gravidez ocorre na melhor fase da vida da mulher, é muito comum que ela aconteça quando a menina ainda é muito jovem, o que pode causar muitas complicações para a mãe. A gravidez na adolescência é muito comum no Brasil, e conhecer suas causas e consequências é essencial para tentar evitá-la.

Se você deseja conhecer um pouco mais sobre a gravidez na adolescência, esse artigo é para você, continue conosco e tire todas as suas dúvidas!

Quais são as causas da gravidez na adolescência?

Muitos fatores podem levar a gravidez na adolescência, sendo que eles podem ir desde a falta de instrução até o descuido. Por isso, o ideal é que os jovens casais sejam mais conscientes dos seus atos a fim de evitar ter uma gravidez indesejada.

As principais causas da gravidez na adolescência são:

Atividade sexual precoce

Muitos meninos e meninas começam a ter atividades sexuais muito novos, por isso ainda não possuem consciência das consequências que essa prática poderá trazer se não for feita com proteção.

Falta de instrução

O sexo ainda é um assunto pouco falado pelos pais, e por isso é muito comum que os adolescentes não tenham liberdade para tirar suas dúvidas com os pais, e é essa falta de instrução que pode gerar a gravidez na adolescência.

Uso de métodos menos eficazes

O método da tabelinha e o do coito interrompido são muito usados por adolescentes, principalmente por que eles não deixam rastros, porém eles são pouco eficazes e podem causar a gravidez.

Mas existem outros fatores que também podem levar a gravidez na adolescência, como:

  • Estrutura familiar
  • Influência de amigos
  • Violência sexual
  • Uso de drogas e bebidas
  • Problemas emocionais
  • Influência da mídia

adolescente grávida

Quais são os riscos?

Durante a adolescência o corpo da mulher ainda não está completamente formado, e por isso ela poderá ter vários problemas que podem colocar em risco tanto a sua vida como a da criança.

Muitas adolescentes tentam esconder a gravidez dos pais por medo da reação deles e por isso não realizam o pré-natal e outros exames que são essenciais nessa fase.

Outro fator de risco é a tentativa de aborto, pois além de estar praticando um crime a menina corre risco de sofrer complicações e até mesmo comprometer a sua saúde com essa prática.

Em alguns casos a adolescente acaba se casando com o pai da criança pensando que essa é a melhor solução, porém ela perde a sua adolescência e precisa assumir algumas responsabilidades que ela ainda não estava  preparada.

A depressão também é um dos riscos da gravidez na adolescência, pois como a mulher não está preparada para enfrentar essa situação ela poderá ficar muito deprimida e se afastar dos seus parentes e amigos.

E as consequências da gravidez na adolescência?

Quando a menina engravida muito cedo ela poderá sofrer várias consequências físicas, emocionais e socioeconômicas, sendo que as principais consequências são:

  • Aborto espontâneo
  • Parto prematuro
  • Risco de anemia
  • Diminuição da autoestima
  • Risco de depressão
  • Baixo rendimento escolar
  • Falta de emprego
  • Risco de má formação do feto

gravidez na adolescência teste

Abandono escolar

O abandono escolar está entre uma das principais consequências da gravidez na adolescência, pois como a mulher ainda não está preparada para ter essa nova vida ela pode não conseguir conciliar a escola com a maternidade e precisar abandonar a escola.

Além do mais, também é comum que no princípio a menina tenha vergonha de ir para a aula e por isso ela pode faltar muito até se aceitar e acabar perdendo o ano letivo.

Gravidez na adolescência no Brasil

A gravidez na adolescência é um problema muito sério no Brasil, pois o número de meninas que engravidam a partir dos 10 anos de idade no país é muito grande.

Segundo os dados do IBGE cerca de 700 mil meninas ficam gravidas precocemente por ano no Brasil. É possível dizer que no país a maior causa de internação de adolescentes pelo SUS é para o parto.

Trata de um problema social ou familiar?

A gravidez na adolescência é um problema social grave que vem aumentando cada vez mais no Brasil devido a falta de instrução para os adolescentes.

Mas é importante alertar que esse é também um problema familiar, assim os pais devem sempre conscientizar seus filhos sobre a melhor hora para iniciar a vida sexual, alertar sobre o uso de preservativos e até mesmo sobre os riscos da gravidez na adolescência.

0 Compart.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *