Gravidez ectópica: Causas, sintomas, diagnóstico e muito mais..

Muitas mulheres sonham com o momento que se tornarão mães, porém nem sempre é possível ter uma gravidez calma e tranquila, pois em alguns casos pode ser que a mulher tenha uma gravidez ectópica, que acaba acarretando na interrupção da mesma.

Você sabe o que é a gravidez ectópica e quais são as principais causas dela? Ainda não? Então leia esse artigo e confira tudo a seguir!

O que é?

A gravidez ectópica é uma anomalia que surge nos últimos passos da fecundação do óvulo. Ela é caracterizada pela formação do óvulo fecundado em estruturas que não no útero, como nas trompas, por exemplo, o que acarreta uma série de complicações e por isso é necessário interromper a gravidez.

Para entender melhor o que acontece quando ocorre à gravidez ectópica iremos explicar a ovulação correta e a ovulação errônea como acontece no caso da gravidez ectópica. Veja abaixo!

Gravidez normal

Na gravidez normal a primeira coisa que acontece é a migração do óvulo para uma das tubas uterinas, mais conhecida como trompas de falópio, daí então acontece o encontro entre o óvulo e o espermatozoide, seguido da própria fecundação deste óvulo.

Ao ser fecundado, o óvulo faz a sua migração pela tuba uterina em direção ao útero, e então implanta o ovo na parede do útero, dando-se início a uma gravidez comum.

Gravidez ectópica

Já na ovulação da gravidez ectópica algo de errado acontece nos dois últimos passos explicados anteriormente, onde em 98% dos casos o ovo não percorre o caminho e acaba se alojando precocemente em uma das paredes das trompas, ocasionando então o que chamamos de gravidez ectópica.

Infelizmente a gravidez ectópica é uma gestação sem futuro, pois o ovo não consegue se desenvolver normalmente fora do útero, causando também lesões e problemas a saúde na mulher, que pode chegar a óbito se não tratado.

 gravidez ectópica

Causas

Diversas causas podem levar a gravidez ectópica, dentre as mais possíveis citamos:

  • Ter feito cirurgia nas trompas de falópio;
  • Má formação nas trompas de falópio;
  • Casos de infertilidade;
  • Ter realizado cirurgia de laqueadura;
  • Usar DIU;
  • Inflamação pélvica;
  • Complicações da clamídia;
  • Endometriose;
  • Já ter passado por alguma gravidez ectópica anterior.

Além dessas principais causas da gravidez ectópica, há também fatores de riscos que aumentam a probabilidade da mulher vir a sofrer com uma gravidez ectópica como ter idade superior a 35 anos, realizar o processo de fertilização in vitro ou ter vários parceiros sexuais.

Sintomas da gravidez ectópica

Na maioria dos casos os sintomas dessa gravidez não são diferentes dos sintomas da gravidez normal.

Os principais sintomas são a ausência de menstruação, crescimento das mamas, enjoos e vontade de fazer xixi frequentemente.

Também não existe diferença na hora de realizar o teste de gravidez já que o mesmo apresentará positivo para gravidez assim como em uma gravidez normal.

Infelizmente os sintomas da gravidez ectópica só aparecem por volta da sexta à oitava semana de gestação, onde a mulher apresenta dores abdominais, atraso menstrual e sangramento vaginal.

Mas atente-se que nem sempre os três sintomas aparecerão ao mesmo tempo, o que dificulta na hora do diagnóstico.

gravidez ectópica

Como é feito o diagnóstico?

Devido à ausência de sintomas concretos que leva a uma gravidez ectópica, o diagnóstico é normalmente obtido somente após alguns dias de gravidez, através de um exame ginecológico ou ultrassonografia transvaginal.

O ideal é que você consulte o seu ginecologista sempre que estiver com suspeita desse tipo de gravidez, pois quanto mais rápido for feito o diagnóstico e tratamento, maiores são as chances de não afetar a saúde da mulher.

Cirurgia

Em casos mais graves dessa gravidez, quando a mulher começa a ter sangramentos frequentes ou altos níveis de HCG é necessário que seja realizado uma cirurgia para acabar com o problema.

Na maioria das vezes é realizada a cirurgia laparoscópica.

Mas em casos mais brandos pode ser possível que a mulher consiga dar fim no problema apenas com o uso de medicamentos.

A barriga cresce nesse caso?

Em alguns casos é possível que as mulheres que estão com gravidez ectópica tenham um pequeno crescimento na barriga, porém a barriga não irá crescer como em uma gravidez normal.

Ainda tem alguma dúvida sobre esse tipo de gravidez e suas causas? Pois então deixe um comentário que responderemos você em seguida!

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *