Gravidez anembrionária: Causas, sintomas, e todas as informações!

As mulheres que desejam engravidar ficam muito felizes quando conseguem ter o resultado positivo em seu teste de gravidez, porém nem sempre esse sonho dura por muito tempo, pois qualquer mulher está propícia a ter alguns tipos de problemas que impedem a gestação, como por exemplo, a gravidez anembrionária.

Você sabe o que é a gravidez anembrionária e o que pode causá-la? Ainda não? Pois então esse artigo é para você, continue conosco e confira tudo sobre ela a seguir!

O que é?

A gravidez anembrionária assim como o nome já diz, é uma gravidez caracterizada pelo não desenvolvimento do embrião, conhecida popularmente pelo nome de ovo cego.

Ela acontece quando o óvulo é fertilizado no útero normalmente, porém o bebê não se desenvolve, resultando em um aborto espontâneo.

Sintomas

Em grande parte dos casos não há nenhum sinal como dor ou sangramento, que dar a entender que há algo  errado com a gravidez.

Os hormônios da mulher continuam a surgir normalmente assim como uma gravidez normal, e ela só fica sabendo que há algo de errado em sua gestação após passar pelo primeiro ultrassom, que normalmente serve como diagnóstico.

gravidez anembrionária

Leia mais: Ultrassom Morfológico!

Causas da gravidez anembrionária

Embora, as causas da gravidez anembrionária não sejam muito bem identificadas, a gestação embrionária costuma ser considerada um acidente da natureza,  explicado da seguinte forma:

Quando o óvulo é fertilizado pelo espermatozoide as células começam a se dividir, com alguns se desenvolvendo em forma de embrião e outros em forma de saco gestacional e placenta.

Nos casos de gravidez anembrionária, o óvulo fertilizado que deveria se tornar o bebê não vai para frente, provavelmente porque ocorreu algum erro durante a fertilização, havendo cromossomos demais ou de menos.

No entanto os óvulos que foram destinados a placenta e as membranas continuaram crescendo dentro do útero e o corpo não reconhece que o saco gestacional está vazio, já que há hormônios de gravidez ainda sendo produzidos.

Durante o exame de ultrassom o médico responsável faz a aferição do saco gestacional e procura sinais de embrião, caso haja indícios que o saco gestacional meça menos que 25 mm e não detecção de embrião, o médico irá solicitar um novo exame de ultrassom dentro de algumas semanas, se repetido o exame e não constatado aumento no saco gestacional, nem indícios de embrião o diagnóstico estará confirmado.

Felizmente na maioria dos casos em que a mulher passa por uma gravidez anembrionária ela consegue, após sofrer o aborto espontâneo engravidar e ter gestação normal posteriormente.

Curetagem

A curetagem é um procedimento no qual o médico irá raspar a cavidade uterina a fim de acelerar o processo de aborto em casos de gravidez anembrionária, assim a mulher irá sentir menos dor para conseguir interromper sua gravidez.

gravidez anembrionária

 Sabe o que é uma Gravidez Ectópica? Clique aqui e saiba mais!

Nesse caso a barriga cresce?

Quando a gravidez anembrionária demora a ser descoberta e interrompida é possível sim que a barriga da mulher cresça semelhante a como cresceria em uma gravidez comum.

Dura quanto tempo?

O tempo de duração de uma gravidez embrionária varia de acordo com alguns fatores, mas normalmente a partir da sexta semana de gestação o corpo da mulher já começa a entender que o embrião não irá para frente e o elimina naturalmente pelo aborto espontâneo.

Em alguns casos isolados, o corpo demora um pouco mais para entender que há algo de errado na gestação e isso pode impedir o aborto em tempo hábil, nesses casos é preciso intervir para que não aconteça nenhuma infecção que trará danos à saúde da mulher.

Tem como evitar a gravidez anembrionária?

A única forma de evitar a gravidez anembrionária é a partir de uma dieta com base na vitamina B9, também conhecida como ácido fólico.

O ácido fólico, ajuda na construção de gametas femininos e masculinos que favorece a divisão celular saudável, o que então favorece na divisão celular prevenindo problemas de má formação do feto desde a sua ovulação.

Pode acontecer duas vezes?

Muitas mulheres ficam em dúvida se a gravidez anembrionária pode acontecer mais de uma vez, e a resposta é sim.

Após ter uma gravidez anembrionária a mulher poderá ter uma gravidez normal ou poderá ter uma nova gravidez anembrionária.

Ainda tem alguma dúvida sobre esse artigo? Deixe um comentário que responderemos você assim que for possível.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *