Cadastro nacional de adoção: Confira as informações e saiba como fazer!

Cadastro nacional de adoção

Atualmente o número de crianças e adolescentes que não tem pai, mãe ou qualquer outro responsável legal é grande. Esses jovens muitas vezes ficam em abrigos, que são chamados lar de adoção, e então entram para a lista de  adoção a fim de encontrar uma família. Assim as famílias que desejam adotar uma criança ou adolescente poderão participar do cadastro nacional de adoção para tentar adotar uma dessas crianças.

Você já ouviu falar no cadastro nacional de adoção? Sabe como ele funciona e o que você precisa para fazer o cadastro? Ainda não? Então esse artigo é para você, continue lendo e confira tudo a seguir!

Cadastro nacional de adoção 2018

No ano de 2018  o cadastro nacional de adoção – CNA está completando 10 anos. Esse programa foi lançado em 2008 e possui como finalidade ajudar os juízes das varas da infância e da juventude a conseguir informações sobre as pessoas que desejam adotar uma criança.

Em 2015 essa ferramenta sofreu algumas modificações a fim de se tornar mais eficiente para conseguir cruzar dados de maneira mais rápida. Assim atualmente é necessário apenas que o juiz insira os dados da criança no sistema e ele será informado se tem ou não pais que desejam adotar uma criança com esse perfil.

Cadastro nacional de adoção

O que é?

O cadastro nacional de adoção é uma ferramenta digital onde os pais que desejam fazer uma adoção poderão participar de um cadastro colocado todos os seus dados. Assim os juízes terão mais facilidade para encontrar um novo lar para os jovens.

Uma das vantagens desse cadastro é que ele é unificado, assim permite que pais e crianças de regiões diferentes possam se encontrar.

São colocadas no sistema algumas informações básicas que são de extrema importância para a adoção, dessa forma o sistema poderá  unir as famílias e as crianças que possuem os perfis parecidos. Não é necessário mais que 5 minutos para cadastrar crianças e pretendentes nesse sistema.

Como funciona?

O cadastro no CNA é feito de maneira bem simples, basta à pessoa interessada procurar uma vara da infância e da juventude com todos os documentos exigidos em mãos.

É necessário que o pretendente tenha mais de 18 anos. E ele só poderá fazer a adoção de uma criança que possua pelo menos 16 anos de diferença da sua idade.

Feito isso os pretendentes deverão passar por uma preparação psicossocial e jurídica onde deverá fazer aulas semanais por dois meses. Serão feitas entrevistas e visitas técnicas até que o juiz conceda ou não o Certificado de Habitação.

Dados para o Cadastro nacional de adoção

Para facilitar no processo de adoção, os pais deverão inserir além dos seus dados, algumas informações sobre a criança que deseja adotar. Por isso deverão informar o sexo da criança, faixa etária, se aceita adotar irmãos, se aceita adotar gêmeos, tamanho do grupo de irmãos, raça/cor e se aceita crianças com algum problema de saúde e quais.

Documentos

Os documentos que as pessoas que desejam fazer a adoção de uma criança precisam apresentar são:

  • CPF
  • Documento de identidade
  • Certidão de casamento ou de nascimento
  • Comprovante de renda
  • Comprovante de endereço
  • Certidões civil e criminal
  • Atestado de sanidade física e mentallogo do Cadastro nacional de adoção

Como fazer o  cadastro?

Após conseguir o Certificado de Habitação, o nome do pretendente será incluído automaticamente no cadastro nacional de adoção por dois anos, e se nesse período aparecer uma criança com o perfil desejado, o candidato será comunicado.

Como acessar o Cadastro nacional de adoção?

Para acessar ao sistema de cadastro nacional de adoção é bem simples, basta a pessoa seguir o passo a passo abaixo:

  1. Acesse ao site oficial do CNJ através www.cnj.jus.br/corporativo.
  2. Digite o CPF e a senha.
  3. Clique em entrar.
  4. Em seguida clique em “cadastro nacional de adoção (novo)”.

Consulta

Para consultar um pretendente é bem simples.

  1. Clique em pretendente> consultar.
  2. Selecione os itens que você deseja informar para facilitar sua pesquisa.
  3. Clique em visualizar.

Críticas

Uma das principais críticas que surgem sobre o cadastro nacional de adoção é em relação a demora que os pretendentes possuem para conseguir fazer a adoção, que geralmente leva mais de um ano, mesmo com o sistema que ajuda a facilitar o processo.

Ficou alguma dúvida sobre o CNA? Deixe um comentário!

0 Compart.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *